Encerrar uma empresa apenas com dívidas fiscais

Como terminar o pesadelo das coimas a acumularem-se?

Esta é a situação que mais aflige as pessoas que cumpriram tudo para com todos e agora se encontram sozinhas face à máquina fiscal.

– Não é possível apagar o passado, mas…

– É possível acabar com o amontoar de mais coimas, juros, etc.

 

 

De facto é preciso recordar as opções que tomaram.

Segundo a nossa “moral de esplanada”,  primeiro pagamos a pessoas e trabalhadores e fornecedores leais, e só depois àquela entidade demoníaca que é o Fisco.

Como NÃO encerrar uma empresa ainda com dívidas

Mas agora é preciso acertar as contas com o “deus/demónio” da Terra, o Fisco.

Estando a empresa encerrada e já sem bens para vender e pagar aos Fisco, a reversão contra os gerentes vai começar!

E vai continuar sem dó nem piedade!

Mas a empresa pode ser regularmente encerrada depois de as dívidas fiscais serem revertidas para o gerente.

Qual a diferença entre sócio e gerente?

Faz-se uma ata dos sócios a assumir as dívidas fiscais, lança-se essa decisão na contabilidade, e encerra-se a empresa como se não tivesse dívida nenhuma, porque de facto agora quem deve são os gerentes.

Como encerrar empresas sem dívidas

É estranho, mas depois da reversão é a mesma coisa!

 

Quando é que o Fisco reverte contra os responsáveis da empresa?

 

 –*–

HUB principal : todos os Temas

Clique neste botão para voltar ao HUB central.

João PM de Oliveira

Estratégias na R€-estruturação de Passivos

 


Diversas situações em que a empresa se pode enquadrar:


Interessante? Partilhe!

Facebook Twitter Linkedin