Contabilidade: “Earnings Management”

Entende-se o fenómeno de “earnings management” como gestão ou manipulação de resultados.

Presume-se uma conjuntura de legalidade de todas as operações, não relevando situações de fraude ou quaisquer outras práticas ilícitas.

 

Este trabalho foi elaborado por: Daniela Filipa Ribeiro Dias

 

O Regime do Acréscimo em Contabilidade tem como objetivo auxiliar os stakeholders a alvitrar a performance económica de uma entidade através do reconhecimento de direitos e obrigações quando ocorrem, independentemente de quando se figura o respetivo fluxo financeiro.

 

A seguinte apresentação esclarece em linguagem simples as diferenças entre vários conceitos parecidos, mas profundamente distintos:

 

Slides: Financial Reporting Transparency and Earnings Management

 

Assim, o resultado da contabilidade pode, ao representar atividades e eventos em termos financeiros, ser utilizado para comparar entidades e departamentos, e ainda pode ser usado pelos próprios indivíduos que produziram tal realidade contabilística para apreciarem onde estão, onde deveriam estar, o que alcançaram e o que deveria ter sido alcançado (Potter, 2005).

 

Para uma análise mais aprofundada deste assunto, o presente relatório elaborado pela Dra. Daniela Dias é claro e esclarecedor.

Paper: Financial Reporting Transparency and Earnings Management

 

Ao permitir o retrato de tão diversos fenómenos, a Contabilidade cria uma percetibilidade sobre o significado e o entendimento de uma organização e dos seus assuntos sociais, pois, ao influenciar perceções, esta transmite os modos como prioridades sociais e organizacionais, preocupações e dilemas e novas possibilidades de ação são expressos e priorizados.

Posto isto, a Contabilidade deixa de ser só uma técnica para ser uma ciência social, e como tal torna-se problemático elaborar um normativo contabilístico que preceitue objetivamente a contabilização de todas as operações contabilísticas sem ter de recorrer ao juízo de valor do TOC ou gestor.

 

Devido à variedade de realidades económicas e financeiras, as normas têm de permitir um certo grau de discricionariedade em prol da imagem verdadeira e apropriada (Potter, 2005; Balaciu & Vladu, 2010; Rodrigues, 2013). Assim, ao consentir que o julgamento profissional possua um papel no reporte financeiro, práticas como a gestão de resultados vão surgindo e distorcendo os princípios contabilísticos e os objetivos da contabilidade. Deste modo, torna-se imperativo um estudo aprofundado sobre estas práticas, de forma a dirimir as mesmas e tornar o relato financeiro mais transparente, útil e verdadeiro.

Em face do exposto, importa referir que, no contexto deste trabalho, se entende o fenómeno de earnings management como gestão de resultados ou manipulação de resultados e presume-se uma conjuntura de legalidade de todas as operações, não relevando situações de fraude ou quaisquer outras práticas ilícitas. Na tabela seguinte é possível analisar esta distinção e obter um melhor entendimento sobre a matéria.

 

Regressar ao Hub Central da CONTABILIDADE

 



Este trabalho foi elaborado por: Daniela Filipa Ribeiro Dias

 catalogado por João PM de Oliveira

Estratégias na R€-estruturação de Passivos

 –*–

HUB principal: todos os temas

Clique neste botão para voltar ao princípio

Interessante? Partilhe!

Facebook Twitter Linkedin